O que é mais importante na hora de ter seu negócio


Para começar qualquer coisa na vida, principalmente um negócio, existe uma palavra que deve ser tratada como palavra de ordem: PLANEJAMENTO. Se seu planejamento é bem feito e você tem força de vontade para executá-lo, não tenha dúvida, o sucesso virá.

Mas o que é planejamento? Planejar nada mais é do que definir e entender o que é o seu negócio a fundo, além de colocar no papel que medidas precisam ser tomadas para que seu negócio tenha sucesso. Fazem parte do planejamento as famosas pesquisas de campo, a definição do seu público alvo e os preços que deverão ser praticados, o papel de cada sócio no negócio, localização, levantamento dos principais custos, etc.

Uma dica fundamental nesta etapa e que em muitos casos é deixada de lado pelos empreendedores é o levantamento das necessidades de capital de giro. O empreendedor precisa ter em mente que seu negócio, por maior que seja seu potencial, não gera um retorno imediato. O capital de giro é o que vai manter a empresa funcionando até que o retorno chegue. É ele que garante o salário dos funcionários, a compra de insumos e a manutenção dos equipamentos nos primeiros meses da empresa.

Há muito tempo, ouvi um professor contar uma história sobre o capital de giro que nunca esqueci. Era mais ou menos assim: um profissional foi demitido do trabalho, percebeu que queria ser dono do próprio negócio e decidiu montar uma lanchonete. Gastou seu último centavo na decoração da lanchonete, que por sinal ficou linda. A semana da inauguração foi um sucesso, mas na semana seguinte ele percebeu que não tinha condições de comprar o material para fazer os lanches e os sucos. Conclusão: o negócio fechou por falta de capital de giro. Claro que esta história mostra o extremo, mas no meu caso se tornou um alerta.

Voltando ao planejamento: ao concluir todos esses levantamentos e análises, colocar os próximos passos no papel com os prazos para a conclusão de cada etapa é de extrema importância para que todo este planejamento vire realidade e você inicie sua empresa com sucesso.

Fonte: Exame.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *